Seja Bem Vindo ao Chat Radio Vida Eterna.


25 de nov de 2008

Nossa guerra com armas não-literais prossegue


"Uso poderosas armas de Deus - e não as que são feitas por homens - para derrubar as fortalezas do diabo. Estas armas podem derrubar todo argumento arrogante contra Deus e toda muralha que possa ser erguida para impedir os homens de encontrá-lo. Com estas armas posso capturar rebeldes e levá-los de volta a Deus, e transformá-los em homens cujo desejo do coração seja a obediência a Cristo. Eu usarei tais armas contra todo rebelde que ainda restar depois que eu as tiver empregado contra vocês mesmos, e vocês se tenham rendido a Cristo." , 2 Coríntios 10.4-6 Bíblia VivaManter um blog atualizado não é tarefa fácil, mas é gratificante na medida em que constatamos estar ajudando os outros a repensarem posturas, descobrirem algo mais no dia a dia e especialmente tentar mostrar com clareza a superioridade do Cristianismo Bíblico numa época de pós-modernidade, relativismo, ridicularização de Deus e Seus Preceitos num mundo que vai de mal a pior. É refletir às vezes ironicamente sobre fatos e práticas tidos como normal. Apontar a Única Esperança ao Caos - o "CaoSperança" de cada dia.É exaltar a Verdade Absoluta - o Senhor Jesus Cristo, numa sociedade decadente. Proclamar Seu poder suficiente para transformar vidas sem sentido em cidadãos do céu. "Mortos em ofensas e pecados" contra o Pai em filhos de Deus motivados a imitar o exemplo de Cristo, em solidariedade, serviço ao próximo, amor aos inimigos, abnegados e desprendidos de orgulho e interesses pessoais."Não estou envergonhado desta Boa Nova a respeito de Cristo. Ela é o poderoso método divino de levar ao céu todos quantos crerem nela. Esta mensagem foi primeiramente pregada só aos judeus, porém agora todos são convidados a ir a Deus deste mesmo modo", Romanos 1.16Nestes meses de correria no trabalho, palestras, preparo de aulas de Escola Dominical, atenção à esposa e ao bebê, que cresce rumo aos dois anos em dezembro, me levaram a repensar o ritmo das postagens. Prometo pelo menos duas relevantes por semana. (O bebê já não se despede passivamente e me corta o coração vê-lo chorando e dizendo "pá").Para dar apoio ao blog criei outros três como um banco de dados a ser deglutido aqui. Trata-se do "Passionais", para registro de crimes envolvendo casais movidos pela paixão desvirtuada; o "Gritos Inocentes", para arrolar as notícias de crueldades contra o público infantil; e o "Demorou Ser Dito", para aquelas afirmações óbvias, mas incômodas que raramente alguém anônimo ou famoso profere. Se me animar crio outros, talvez o "Sem Futuro" ou "Vegetais Humanos", para arrolar os descaminhos de gente que tem tudo e gente que nada tem.As profecias bíblicas vão se cumprindo, a volta do Senhor para arrebatar (raptar) os fiéis fica cada dia mais palpável. É justamente isto que nos move num tempo de criminalidade em alta, corrupção nos três poderes, inversão de valores, depravação e prostituição absorvidos como cultura e entretenimento, com conseqüências terríveis à sociedade.A "crença", o "obscurantismo anticientífico", as "trevas" e o atraso da religião — conforme a mídia ímpia, os intelectualóides idiotas instruídos (que acham que por terem lido uns livrinhos, e conversado com outros de leram mais que eles, podem arrotar contra Deus) e os produtores de entretenimento descomprometidos com a família, a moral e os bons costumes — continuará sendo a saída aos desiludidos e cansados de carregar o fardo do pecado.Não adianta remendar o buraco em forma de Deus no coração e na alma. É inútil tentar ridicularizar a fé cristã e o Evangelho com alguns argumentinhos frágeis. Só aumenta a angústia imaginar que se criou um grande canso contra Deus com a imposição de comportamentos e práticas arriscados, legislação libertina e a tentativa de impor estilos de vida irresponsáveis.A quebra de Princípios Divinos tem conseqüências. A sociedade faz de conta que não as vê e segue achando que está tudo bem. Bem, vamos continuar a lembrar a tantos quantos for possível sobre essas conseqüências, bem como apontar a Saída - a Única saída - aos legítimos anseios humanos por paz, amar e ser amado, felicidade e tantas outras coisas boas só possíveis em Deus.Não é necessário escrever tratados, reinventar a roda, rebuscar a mensagem porque é simples e possível ser feliz a partir deste instante em que respiramos — enquanto ainda respiramos! Deus nos ama e muito mais especialmente quando aponta nossas incoerências e pecados. Porque Ele nos criou e sabe que longe de suas regras nossa tendência é a perdição e a morte."O salário do pecado é a morte, mas a dádiva gratuita de Deus é a vida eterna por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor", Romanos 6.23José San Martín'Consagro a Deus o que escrevi'Por favor, reproduza nossos conteúdos à vontade, mas dê os devidos créditos ao autor e ao blog http://www.josesanmartin.com.br/ - Deus o(a) abençoe!

12 de nov de 2008

Palavra de Fé.

Se fomos chamados pra reinar porque estou sofrendo? Estou sozinho, será que sou mesmo filho?... Filipenses 4:13 - Posso todas as coisas naquele que me fortalece.Essa pergunta é feita por muitos filhos de Deus, amados Deus nunca falou que você não passaria por situações terríveis, ele disse sim, que passaria com você, que estaria com você que te daria graça, força, animo, que jamais te abandonaria.
Quando ele falou que tudo posso naquele que me fortalece, Deus estava querendo dizer que na longa estrada da sua vida haveria muitos momentos que você poderia se sentir só, mas que isso não é verdade, que nele tudo podes até mesmo vencer suas emoções que a cada hora tenta dizer-te que o senhor te abandonou, que ele não liga para ti a alma sempre vai querer expressar a mentira, pois temos que aprender a viver dependentes do Espírito Santo que a cada momento,instante nos diz tu vais vencer, podes ter certeza que a prova que passas é momentânea.
Filho amado do Pai, Deus já te avisava acerca de dois mil anos atrás que o adversário iria tentar te enganar, te dizendo que o Senhor já se esqueceu de ti, mas Deus te chama de volta a realidade de sua palavra quando fala, filho nunca te deixarei, jamais te abandonarei.
Deus fala para ti nesse dia vem filho amado volta para mesma fé que tinhas antes, lembras quantos momentos passastes? Mas dessas vezes quantas te deixei sozinho?
NENHUMA sempre estive contigo, entenderias as vitórias e não compreenderias o momento da dor? Será que o Senhor não esta querendo te ensinar algo, Deus quer que você cresça, ele deseja algo novo, que experimentes novas coisas...que ele tem para ti, Não continues na mesmices das mesmas experiências é preciso voar para um lugar mais alto e amigo...Isso só ocorre por meio de batalhas que dia a dia estamos vencendo...TÚ NÃO ÉS UM FRACO, NÃO É UMA COISINHA QUALQUER ÉS O ESCOLHIDO DE DEUS... E ELE TE APRESENTA NOVAS ETAPAS DE VIDAS E VITORIAS PARA TI.
Fonte: Geiza Moura de Lima

3 de nov de 2008

Acredite outra vez nas promessas de Deus

"Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam."Henry Ford
Fico pensando nas grandes surpresas que Deus preparou na vida de Moisés até transformá-lo em um lider abençoado e vitorioso. Moisés foi como uma águia nascida para voar bem alto sobre vales e montes, mas isso somente aconteceu depois de 80 anos. Tinha todas as probalidades para ser um velho rabugento e murmurador, mas longe disso, renovava suas forças quando ouvia a voz de Deus ordenando que ele continuasse. Quero dedicar essa mensagem a todos amigos que moram ou trabalham fora do Brasil. Desejamos que a presença do Senhor possa alegrar seu coração com essa leitura. "Let's carry on!"Quando Moisés nasceu estava destinado à morte. Mas não foi morto. Sua mãe era uma mulher de oração. Quando todas as outras mães atiravam seus meninos no Nilo, para cumprir o decreto do faraó, ela não afogou seu filho. Ela cumpriu a lei, mas antes pôs Moisés num cesto. Aquele cesto vagando sobre as águas do Nilo tem um significado para hoje: são os cuidados constantes de u'a mãe por seus meninos na sua descida pelo "Nilo" de uma sociedade violenta, corrupta e podre.Mas um cesto de junco afundaria em pouco tempo, encharcado. Cuidar com responsabilidade é bom, mas o betume do cest0 de Moisés são as orações de mãe. Por isso, a mãe que separa um tempo para orar diariamente pelos filhos agrada a Deus. Outro dia ouvi um Pastor criticando mulheres que passam o dia orando na Igreja enquanto seus filhos estão na rua com péssimas companhias. Fiquei pensando, se orando elas têm problemas - e que se dirá então das que ficam apenas em casa ralhando com os filhos para afugentá-los para rua?Deus tem muitas promessas de bênçãos para nossos filhos, mas por outro lado o diabo está constantemente semeando o joio para destruir o cumprimento de cada uma delas. A mãe de Moisés foi criativa com o cesto, mas por que orava, ouviu a voz de Deus, por um pensamento que veio a sua mente, para não esquecer do betume. Quem se dedica na oração nunca é pego desprevenido. Recetemente, minha cunhada, uma mulher de oração, descobriu ao fazer exames num hospital de Belo- Horizonte, que sua taxa de glicose estava acima de 900. Se admiriaram de vê-la de pé e enxergando bem.Você já examinou se os "cestos" de seus filhos não estão afundando?E a história é bem conhecida, Moisés foi encontrado pela filha do faraó, que por sua vez buscou uma ama para cuidar e amamentar Moisés. Outra vez, aquela mãe que cuidava e sempre orava, teve Moisés de volta. Ninguém mais poderia agora afogá-lo no rio, ao mesmo tempo que da casa do faraó saia o sustento de pão para todos. Moisés cresceu e foi instruído em toda ciência do Egito e nas artes da guerra. Estava no auge da sua força física quando foi visitar o povo judeu, certamente já sabedor da sua origem. Naquela época, já era conhecedor das promessas de Deus para sua vida, de que seria o libertador de Israel. Procurou iniciar a libertação pela força das armas, mas não era pela força nem pela violência, que Israel seria liberto.A primeira grande surpresa foi que ao nascer Moisés era formoso de aparência. A segunda surpresa foi que em lugar de ter morrido afogado, ele cresceu, estudou e se formou nos palácios do faraó. A terceira surpresa foi quando tentou usar a força para libertar Israel, teve que fugir do Egito para não ser morto. A temporada de mudanças começara. Do palácio ao deserto, uma mudança e tanto.Para você que está longe do Brasil anime-se, é mais fácil encontrar a presença de Deus no deserto que no conforto dos palácios, da casa dos pais, dos familiares...O versículo adequado para esse deserto é Jeremias 33:3: " Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes - que não sabes" isso aconteceu com os maiores personagens bíblicos, desde Abraão. Prepare-se andar nos propósitos de Deus. A verdadeira prosperidade é espiritual, em decorrência dela vem a prosperidade financeira definitiva. O que Deus lhe der, ninguém vai tirar. Por isso busque a presença do Senhor - sistematicamente. Isto significa, fora com as "baladas" e amizades duvidosos que vão tirar você do alvo. Então, vamos voltar ao assunto principal.Quarenta anos se passaram. Dos palácios do Egito para a poeira o sol do deserto e frio da noite no Sinai. Quem diria? Promessas de Deus depois de tanto tempo... não pensava mais nisso. Mas aí veio a última e grande surpresa: no terço final da sua vida, com oitenta anos, Deus aparece na sarsa ardente e convoca Moisés para voltar ao Egito e libertar o Povo de Israel. Daquela antiga força, só restava o desânimo.-Vem Moisés e eu te enviarei! Disse Deus.-Não Senhor, eu não sou libertador de coisa nenhuma. Não acredito mais em velhas promessas. Agora sou apenas um velho, e se eu for, o povo vai se rir de min, vão me achar um louco com uma bengala de apoio nas mãos. Não quero ir, não estou mais interessado, por mim Israel pode continuar escravo pelo resto da vida. Escolha outro para ir em meu lugar.Nessa altura, Deus se irritou com Moisés e o forçou a descer ao Egito.E, dois velhos gagás desceram ao Egito: Moisés com 80 anos e Arão com 83. Milhares de jovens judeus estavam lá, mas a promessa do libertador de Israel era para um velho: Moisés. Deus tinha um plano especial com Moisés - e operando Deus, quem impediria?E o plano do Senhor para sua vida ainda está de pé.Ao chegar no Egito, Moisés e Arão, foram primeiro convencer o povo escravo de que Deus estava atento ao clamor deles, que estava ciente daquela horrível escravidão. Tendo convencido o povo, foram ao palácio do faraó.-Faraó, o Deus de Israel encontrou seu povo e quer que saiamos ao deserto para celebrar uma festa para Ele. E o faraó respondeu: Quem é o senhor cuja cuja voz ouvirei para deixar ir o povo? Não conheço esse Deus e não deixarei o povo ir. E disse mais faraó: Esse povo está ocioso, é por isto que inventaram essa história de celebrar festa no deserto. Antes se fornecia palha para fazer os tijolos, agora que se virem e também arranjem a palha. E a quota da produção diária dos tijolos sera exigida. Se não cumpri-la mandarei açoitar os líderes do povo. E Parem de pertubar o trabalho dos outros.E foi assim que deu tudo errado. A escravidão piorou com os açoites e o excesso de trabalho. Assim, até o proprio povo judeu se amargurou contra Moisés, porque diziam: A espada que faltava para faraó nos matar, você Moisés, com essa história de Deus, acabou de arranjar.E tendo Moisés ido orar e reclamar com Deus, ouviu novamente o Senhor dizer: Vai Moisés, para de reclamar e entra de novo no palácio e dize a Faraó: Deixa o povo de Israel sair da sua terra.- Mas Senhor, se nem o povo de Israel acredita em mim, como vai me ouvir o faraó? Vai Moisés, agora vou te por por Deus de faraó e Arão, seu irmão, será o teu profeta.E ele foi. Desanimado, desacreditado, mas foi. E falou a faraó. E a certa altura do seu encontro com faraó, três cobras rastejavam pelo chão do palácio. Uma era de Moisés e duas dos feiticeiros do faraó. E aconteceu que estando faraó e seus súditos certos do masacre, a cobra de Moisés engoliu as outras duas. E naquele dia, Moisés voltou para casa alegre e pelo caminho conversava com Arão.-Você viu Moisés como os magos do egito também sabem transformar varas em cobras?-Sim Arão, mas isto não me preocupa mais, porque hoje eu vi uma outra coisa.-O que foi que você viu Moisés?-Eu Vi que , hoje, o Senhor começou mudar minha vida. A partir do momento que as duas cobras de faraó foram engolidas, deixei de ser um velho derrotado e estou pronto para sonhar de novo, porque agora sei que o Senhor vai cumprir todas as promessas Dele em minha vida.E foi assim que o menino do cestinho betumado veio a ser o Libertador de Israel. Aquele que depois de velho, foi escolhido e teve o privilégio, a honra, de por o pé sobre o "pescoço" do faraó - Deus do Egito - e tirar o povo da escravidão fortalecido pela mão do Senhor.Isaías 40:30-31:"Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os jovens certamente cairão. Mas os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão".Acredite sempre na próxima oportunidade.

Cred. http://www.olharcristao.blogspot.com/

1 de nov de 2008

Princípios para um Namoro Cristão



Princípios para um Namoro CristãoNamorar todo jovem quer, mas como fica os princípios de Deus num namoro cristão? Como devem se comportar, agir e continuar um namoro dentro das bênçãos de Deus?
Princípios para um Namoro Cristão
Pr. Cleverson de Abreu Faria
O namoro cristão é uma preparação. Um período extremamente importante na vida de dois jovens cristãos e de muitas responsabilidades. Representa um período de transição entre dois jovens ou adultos, um homem e uma mulher, crentes no Senhor Jesus Cristo, sendo que ambos devem ter um bom nível de maturidade. Ambos mantém um bom ritmo de comunicação, sendo através deste relacionamento orientados e preparados por Deus para um futuro casamento. Namoro cristão deve sempre visar o casamento. Um namoro que não tem como alvo um futuro casamento, sequer deve ser iniciado.
Embora o desejo seja que ambos se tornem íntimos em seu relacionamento, isso não quer dizer liberdade no aspecto físico e muito menos liberdade sexual entre o casal de namorados. A relação sexual está destinada a ser desfrutada apenas entre pessoas devidamente casadas (Hebreus 13.4; Gênesis 2.24; Cantares de Salomão 4.12; 1Tessalonicenses 4.3-5; Colossenses 3.5-6; 1Coríntios 6.15-20; 1Timóteo 5.22; 2Timóteo 2.22).
Este é um período de conhecimento mútuo, conhecimento da alma, do coração, nunca do físico um do outro. O aspecto físico está destinado para depois do casamento. Portanto, exige disciplina própria, vigilância constante. É um tempo onde se obtém oportunidade de duas personalidades diferentes se harmonizarem, conhecerem um ao outro. Comunhão espiritual é fator primordial. Lembre-se que quanto mais próximo cada um estiver de Deus, mais próximo estarão um do outro. Este período também serve para confirmar a perfeita vontade de Deus para a vida de ambos.

O padrão de Deus para um namoro bem sucedido é este:
1) Espiritual – forte. Deus em primeiro lugar, nunca seu namorado (a).
2) Vontade, emoções e mente dentro do plano de Deus.
3) Corpo (físico) – sob controle.

Quando um namoro está fora do padrão de Deus, o que acontece é justamente o contrário:
1) Espiritual – fraco. A sensibilidade espiritual está cauterizada.
2) Emoções, vontade e mente – descontrolada.
3) Físico – sensual.

Portanto, fora do padrão de Deus ocorre que o lado espiritual fica cauterizado; a mente, a vontade e as emoções raciocinam de forma sensual e o físico fica corrupto.
Uma pergunta séria a se pensar: A vontade de Deus é mais importante que o seu namoro?

Como Começar um Namoro Cristão?
Alguns aspectos são importantes para um começo no namoro cristão. Geralmente não sou de estabelecer uma idade certa para alguém namorar. Antigamente isso era o costume, hoje com o decorrer dos tempos e uma mudança na cultura não se faz mais tal coisa. Porém, ainda assim, existem pais que estabelecem uma determinada idade para que seus filhos venham a poder namorar. Eu creio que isso é benéfico e sábio por parte dos pais, mas não uma exigência. Vejamos alguns requisitos importantes para se começar um namoro:
Salvação. Ambos os jovens ou adultos devem ser verdadeiramente salvos, ou seja, ambos já devem ter aceitado a Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador pessoal (João 3.16; Lucas 19.10; Romanos 10.9-10).
Maturidade física e Espiritual. Não devem ser crianças, pois maturidade é importante e essencial no relacionamento entre duas pessoas (Efésios 4.13; 1Coríntios 14.20).
Comunhão com Deus. Primeiramente Deus deve estar sendo uma fonte de luz em sua vida, uma fonte de vigor espiritual. Se não tiver comunhão com Deus, nunca será abençoado em qualquer tipo de relacionamento (1João 1.6-7).
O rapaz inicia. Em nosso tempo moderno é "comum" uma moça querer iniciar um namoro. Mas isso fere o princípio bíblico. Mesmo num namoro, o rapaz é o líder, é ele quem deve iniciar, é ele quem deve pedir à moça para namorar.
Permissão dos pais. Ambos os pais dos pretendentes devem estar de acordo com o namoro. Isso demonstra confiança e honra dos filhos para com seus pais. Um namoro onde os pais não apóiam, geralmente resulta em muitas dificuldades. Isso não significa que os pais são a autoridade final no namoro, significa que estão querendo a bênção paterna para o relacionamento.
Apoio do seu pastor. Isso é importante e muitas vezes negligenciado pelos cristãos. O pastor de ambos deve apoiar e dar sua bênção. Pode ser que pastor veja coisas que eles não estão vendo e por isso é importante receber o apoio, o conselho deste servo de Deus.
Comunicação e visitas. Deve-se procurar estabelecer um determinado ritmo nas visitas por parte do rapaz à casa da moça. É claro que não todos os dias. Estabelecer uma boa comunicação entre ambos.
Confiança dos pais. No decorrer do namoro, deve procurar ganhar e manter a confiança dos pais. Verificar como é a relação entre a pessoa e seus pais. Procurar ser sensível para qualquer mudança.

Como Continuar um Namoro Cristão?
O interesse deve estar voltado para a personalidade da pessoa, a parte imaterial. É importante que isso esteja bem claro na mente dos namorados.
O interesse deve ser estabelecido na parte espiritual da pessoa, não em seu corpo físico, não no dinheiro que o outro tem, não no carro, na casa, na popularidade, na beleza, etc. A parte espiritual é a mais importante sobre todas. Mais uma vez: quanto mais próximos estiverem de Deus, mais próximos estarão um do outro. O contrário também é verdadeiro: quanto mais longe estiverem de Deus, mais longe ficarão um do outro.
Reconheça que cada cristão é chamado de propriedade particular, pessoal, peculiar de Deus (1Pedro 2.9). O namorado que não respeita tal fato está desrespeito os princípios de Deus e desrespeitando o próprio Deus, bem como a pessoa, a família dela, a Palavra de Deus e o futuro casamento.
Evitar contato físico exagerado. Todo namorado gosta de receber um carinho, beijos e abraços. Porém, deve-se parar por aqui. Procure a todo custo evitar continuar os avanços físicos, como tocar em outras partes do corpo da moça, por exemplo. Isso pode provocar desejos sexuais que não pode ser satisfeito devidamente antes do casamento (1Tessalonicenses 4.3-8; 1Coríntios 7).
Existem condições onde a frequência de visitas deve ser limitada. Isso exige paciência por parte de ambos. Algumas vezes a saúde, doença, serviço militar, estudos, trabalhos, deveres pessoais impedem que estejam juntos. Sejam pacientes nessas horas.
Cautela com o modo de vestir, cautela em sua conversa, cautela em seu comportamento e mesmo nos gestos. Lembre-se de semear um ambiente agradável em que vale a pena estarem juntos.
Evitar ficar sozinhos em ambientes fechados e por muito tempo. Procure estar em atividades com outros jovens, ou seja, procure envolver seus amigos em suas atividades.

Qual o Perigo de Acariciar?
Mata a espiritualidade de ambos os namorados.
Pode fazer com que fiquem cegos para os valores verdadeiros, as virtudes de cada um.
Pode fazer com que abaixem os padrões da moralidade.
Pode conduzir para a realização do ato sexual não permitido por Deus antes do casamento.
Pode conduzir para depravação, destituição da dignidade.
Pode conduzir para o desenvolvimento de um desejo de satisfação não natural.
Pode causar frustração e nervosidade.
Pode conduzir para um casamento errado, com a pessoa errada.
Pode conduzir para contrair doenças.
Pode conduzir ao desrespeito mútuo.

Conselhos Práticos
Nunca case com alguém que não seja cristão (2Coríntios 6.14-18; Amós 3.3).
Ore para a escolha de Deus (Salmo 37.5; Provérbios 3.6).
Evite casar sob pressão (Romanos 12.1-2). Não case pensando que sua vida se endireitará depois do casamento. Não case com alguém pelo qual não tenha respeito.
Não case cedo demais ou de repente (Tiago 1.4-5). Procure ver sua relação com Deus, os hábitos da pessoa, os pais, o modo de vida.
Não case tendo uma perspectiva errada do sexo (Gálatas 5.16-25). Alguns casam para desfrutar do sexo, mas casamento não é apenas sexo, muito mais está envolvido.
Casamento é para sempre, ou seja, "até que a morte os separe" (Gênesis 2.24; Romanos 7.1-3; Mateus 19.6).
__
Fonte: Pr. Cleverson de Abreu Faria Criada: 24/04/2005

Parceria Ouro.